Onde podemos encontrar Deus?

Talvez nos seus olhos,

Talvez nos meus.

Em todas as provas que Ele me deu!

Ao amanhecer e meus olhos abrir,

No primeiro som que eu possa ouvir,

Ou na brisa que em minha pele senti.

 

Talvez Deus esteja ao meu lado,

Mas não no sentido figurado,

Talvez esteja em um irmão amado,

Ou mesmo em um irmão por mim odiado,

Em uma falha mesquinha e humana que eu tenha carregado.

 

Talvez Deus esteja no vento soprado,

Na chuva escassa ou demasiada,

Talvez esteja na terra por nós pisada,

Ou na grama que nasce sem ser regada,

Na rosa tão bela e também nos seu espinhos,

Talvez ele esteja comigo mesmo quando penso estar sozinho!

  

Talvez uso talvez só para evitar a arrogância de se ter certeza,

Embora em meio a tanta beleza, não possa negar Sua existência,

Não posso entregar toda razão à ciência,

Pois tamanha inconsequência não há de ser permitida,

Não cometida por Sua maior obra!

A quem tanto amor distribuiu e de quem nada cobra,

A Ti só posso agradecer…

Por ser humano, ter vida eterna e o direito de aprender!

 

 

F.T. Hudson