Quando o vazio invade,
Ou algo parte sem destino,
E nos resta apenas um vazio,
É difícil pensar o caminho correto,
É difícil pensar!
A ausência de preocupações é um alívio,
Mas contrasta com a ausência de previsões,
Que é um martírio!
Trata-se de um caminhar sem destino,
Por um caminho infinito,
Que ainda que se torne finito,
É infinito em sua ausência de certezas,
Planejar algo se torna uma proeza,
Não há sutileza no silencio que domina uma mente vazia,
Não há emoção,
Não há sentimento,
Não há condição!
Em meio a guerras, crises, epidemias,
Apenas uma mente vazia,
Que finge pensar para não ser incomodada,
Para não ser acordada!

Felipe Hudson