Em meio a biblioteca de livros digitais,
Não lembro quais obras eu li,
Mas tanto faz,
Não importa quantas páginas compreendi,
Tão pouco quantas não recordo mais,
Como um HD externo deixado em uma gaveta,
Acumulamos conhecimentos em PDF sem compreende-los,
E por que tê-los?

Alguns arquivos se corrompem com o tempo,
Não recordamos o que havia neles,
Tão pouco porque estavam guardados,
Tudo muito automatizado,
Passos mecânicos,
Caminhamos até nossas garagens,
Entramos nos carros,
Giramos as chaves e os ligamos,
Alguns com o pé esquerdo na embreagem,
Outros nem isso!

Nos deslocamos para nossos trabalhos,
Geralmente nas mesmas posições e funções,
Emitindo as mesmas opiniões,
Um eterno repetir,
Rotunda que faz de “Tempos Modernos” um eterno remake,
Um blockbuster sobre o futuro,
O precursor do “Back to the future”,
Mas não percebemos,
Falta ação,
Falta compreensão,
Falta caminhar e observar.

Sobra automatizar!

Felipe Hudson