Um mundo de corações bloqueados,

Muita tecnologia,

Pouca magia,

Olhos rasos de emoções,

Corações vazios para paixões,

Correria,

Ganância,

Competição,

Sobra pouco tempo para o amor,

Sobra pouco tempo para o coração,

Falta calor ao corpo,

Faltam lábios salivando,

Falta desejo,

Falta emoção antes do beijo,

Falta tempo,

Acabaram-se os momentos,

Muitas noites de tormento,

Noites mal dormidas,

Corações quase parados,

Batendo apenas por ansiedade,

Não batem por saudade,

Não batem por vontade!

Talvez apenas por vaidade!

Onde foram os corações bobos?

Onde estão os apaixonados tolos?

Onde está o amor?

Onde está aquela dor arrastada?

Aquela paixão rasgada…

Onde essa geração colocou?

Qual bem material a roubou?

Qual título, promessa?

O capital superou o amor?

Quem nos levou tudo que era bom e nos deixou a dor?

Ou será que ninguém nos roubou?

Perdemos apenas por desmazelo,

E por desleixo o amor nos deixou!

.

.

.

.

.

.

.

Felipe Hudson