É grave,

Não é greve,

É grave que retirem todos os nossos direitos,

É grave que nos abandonem a própria sorte,

É grave um povo sem educação,

Um povo sem sorte!

É grave que nos sequestrem o futuro,

Que nos entreguem a morte!

É grave que nos impeçam de pensar,

São graves todos os cortes!

É grave que vivamos feito gados,

Aguardando o próximo trote!

É grave que vivamos um eterno sucateamento,

Reféns do Momento!

É grave que só se invista em desigualdade,

É grave que o país entregue todas as suas riquezas,

É grave que o meio ambiente seja exterminado,

É grave não conseguirmos se quer refletir sobre todos os desmandos,

É grave que não possamos manter diálogos saudáveis,

É grave o aumento da violência,

É grave a liberação de armas!

É grave o número homicídios, feminicídios,

A educação sendo abandonada e investindo-se em presídios,

É grave o Estado adotar condutas religiosas!

É grave combater corrupção com corrupção!

É grave nos tirar qualquer opção!

É grave não ter perspectivas!

É Grave, não é Greve!

Não é greve no sentido pejorativo que a mídia deseja!

Não é greve no sentido reduzido que o governo e os empresários ensejam!

É Greve Geral!

É por bem!!

É para o bem!

É pra você também,

Não leve a mal!

É greve geral!

.

.

.

.

.

.

.

Felipe Hudson