Nestes tempos a morte chega ruidosa,

Transpassa as famílias,

Dilacera corações,

Distancia corpos,

A morte deixa memórias que o tempo vai apagando,

Como a terra consome a matéria,

Como o descaso consome os homens.